16 dezembro 2008

Comer pouco prolonga a vida

0 comentários
Comer pouco é a maneira mais eficaz de ter uma vida mais longa, segundo um estudo de cientistas japoneses publicado pela revista "Nature". Os cientistas estudaram o efeito da enzima RHEB-1 no prolongamento da vida e como este componente se altera em função da ingestão calórica de cada indivíduo.

A pesquisa foi feita com uma espécie de vermes da terra, mas a equipe da Universidade de Kyoto afirma que a teoria é aplicável também aos mamíferos.

Segundo o estudo, "a restrição alimentícia é a intervenção mais eficaz e mais reproduzível para estender a expectativa de vida em espécies completamente diferentes".

Os cientistas da Universidade de Kyoto utilizaram vermes da espécie Caenorhabditis elegans na pesquisa e conseguiram comprovar que aqueles que deixavam de comer durante dois dias prolongaram a vida em torno de 50%.

Além disso, os vermes que jejuavam a cada dois dias eram mais resistentes aos processos de "estresse oxidativo" e mostraram menos sintomas de declive físico relacionado ao envelhecimento do que animais que puderam comer o quanto quisessem.


Folha Online


Comentário:
Enquanto alguns ainda diziam que tem que "comer bem" (mais no sentido de quantidade) para ter uma vida saudável e longa. E até mesmo, que não era certo ter apenas 3 refeições no dia, mas que deveria consumir lanches entre tais. Um estudo que virou o jogou. E ainda apontando um outro fator interessante, ficar alguns dias em jejum. Não, não dá para fugir, nem eu, nem você, por mais que tente. Na Bíblia encontramos esse conselho. De certa forma é incrivel, pois como que povos antigos, "mortos de fome" (segunda uma visão evolutiva), que praticamente a necessidade primária era comer... havia um povo hebreu diferente dos demais (que se lançavam a glutonaria) - quando não se rebelavam contra Deus - o qual praticava o jejum e o aconselhavam?

Até onde o jejum está envolvido na nossa vida fisica, mental e espiritual? Sinceramente, nunca olhei para o jejum como algo que produzisse mais saude. Sim já pensei que ele promoveria maior resistência ao nosso organismo a viver na falta de alimentos. De modo tal que, 2 pessoas, uma que praticava periodos de jejum, e outra que sempre estava comendo, se em certa ocasião, eles tiverem que ficar 2 ou 3 dias sem comer e em intensa atividade; aquele que praticava o jejum teria um desenpenho imunológico e metabólico superior ao outro. Mas nunca associei diretamente que o jejum promoveria saúde.

Também o colocava como um meio que nos produziria maior autocontrole, dominio próprio, temperança. Pois através de sua disciplina, você controlaria a mais forte de todas as paixões "a do paladar", "da gula", "da comida"; superaria tal necessidade. Não no sentido de poder viver sem comer, mas quanto a não permitir que tal tomasse parte na escolha, decisão, influência. De modo que, mesmo você passando por mais de uma semana em jejum, em intensa fome, ainda sim, se o diabo lhe oferecesse um bom rango, saudável para você, você ainda teria poder moral para subjulgar as emoções, e aquilo que o corpo clama, e rejeitar. Em outras palavras, como Salomão disse em Eclesiaste, que muitos achariam uma pessoa louca se ela cruzasse os braços e esperesse chegar a morte, algo do tipo; mas que na verdade, há uma sabedoria nisso, pois é melhor morrer com a consciência tranquila, com fome; do que farta, mas...

E claro, o jejum abre a nossa mente a, de certo modo, liberta-se de todas conscupiscencia, focar nossa mente quanto as necessidades básicas e também, a ter uma mente não "estimulada", de modo a poder discernir com clareza e olhar com sinceridade para o coração. Pois de certo modo, na abstinencia da comida, dificilmente alguem terá naturalidade para distrair-se com coisas vãs. E com isso, abre-se uma avenida para observar a dependência de Deus. É um dos maiores exercicios de subjulgar o eu, de promover poder moral, disciplina, autocontrole; que se possa ter. E até mesmo, de descansar o sistema digestivo.

Bem, mas muito antes da Universidade de Kyoto, alguém (Ellen G. White) já dizia:

"Algumas pessoas há que mais proveito terão com abster se de todo alimento durante um ou dois dias na semana, do que com qualquer quantidade de tratamentos ou orientação médica. O jejum de um dia na semana ser-lhes-ia de proveito incalculável." - Conselho Sobre Saúde, 477

" A intemperança no comer é muitas vezes a causa da doença, e o que a natureza precisa mais é ser aliviada da indevida carga que lhe foi imposta. Em muitos casos de doença, o melhor remédio é o paciente jejuar por uma ou duas refeições, a fim de que os sobrecarregados órgãos digestivos tenham oportunidade de descansar. Um regime de frutas por alguns dias tem muitas vezes produzido grande benefício aos que trabalham com o cérebro. Muitas vezes um breve período de inteira abstinência de comida, seguido de alimento simples e moderadamente tomado, tem levado à cura por meio dos próprios esforços recuperadores da natureza. Um regime de abstinência por um ou dois meses, haveria de convencer a muitos sofredores que a vereda da abnegação é o caminho para a saúde." - A Ciência do Bom Viver, 235

"Alguns há que seriam mais beneficiados pela abstinência de alimento por um dia ou dois cada semana, do que por qualquer quantidade de tratamento ou conselho médico. Jejuar um dia por semana ser-lhes-ia de incalculável benefício. " Testimonies, vol. 7, pág. 134.

"O açúcar não é bom para o estômago. Produz fermentação, o que embota o cérebro e deixa a disposição irritadiça. E tem-se demonstrado que, para a saúde do organismo, duas refeições são melhores do que três." - Mente, Caráter e Personalidade, v.2, 391

"Os que mudam de três refeições para duas ao dia, a princípio serão mais ou menos incomodados por uma fraqueza, especialmente na ocasião em que era seu hábito tomar sua terceira refeição. Mas se perseverarem por breve tempo, desaparecerá essa prostração." - Conselhos Sobre Regime Alimentar, 175

"O costume de comer apenas duas vezes por dia, em geral, demonstra-se benéfico à saúde; todavia, sob certas circunstâncias, talvez algumas pessoas tenham necessidade de uma terceira refeição. Esta, porém, deve ser muito leve, e de comida de fácil digestão. Bolachas de sal, ou pão torrado e fruta, ou bebida de cereal, eis os alimentos mais próprios para a refeição da noite." - Idem, 321


Aliás, aí está um conselho incrível: "Deixar de comer a terceira refeição." Algo que realmente seria MUUIIIIIiiiiittttttttttttooooooooooooooooooooo revolucionário para o mundo. Mas bem, há mais de 100 anos já eram ditas tais coisas. Muitos questionavam. Muitos não praticavam. Outros, criticavam quem praticava. Agora, até a medicina secular testifica tais palavras; contudo, duvido, que ela própria irá praticar tal. Bem, mas agora você tem mais um motivo de sobra para "comer pouco".

Siga o ditado: "Não viva para comer. Coma para viver."

08 dezembro 2008

União da Igreja com o Mundo

1 comentários
"Depois disto vi Satanás consultando seus anjos, e considerando o que haviam ganho. Na verdade, haviam por meio do temor da morte impedido algumas almas tímidas de abraçar a verdade; muitos, porém, mesmo dos mais tímidos, receberam a verdade, e com isso seus temores e timidez imediatamente os deixaram. Ao testemunhar a morte de seus irmãos e contemplar sua firmeza e paciência, compreenderam que Deus e os anjos os ajudavam a suportar tais sofrimentos, e tornaram-se corajosos e destemidos. E, quando chamados a render a própria vida, mantiveram sua fé com tal paciência e firmeza, que fizeram com que mesmo seus assassinos tremessem. Satanás e seus anjos concluíram que havia um meio mais eficaz para destruir as almas, um meio que, no fim, seria mais seguro. Embora se infligissem sofrimentos aos cristãos, sua firmeza e a radiante esperança que os animava, faziam com que o mais fraco se tornasse forte, e os habilitavam a aproximar-se corajosamente da tortura e das chamas. Imitavam o porte nobre de Cristo quando Se encontrou perante Seus assassinos, e, pela sua constância e a glória de Deus que neles repousava, convenceram muitos outros da verdade.

Satanás concluiu, portanto, que deveria vir de maneira mais branda. Já havia corrompido as doutrinas da Bíblia, e tradições estavam a criar profundas raízes que deveriam arruinar a milhões. Restringindo seu ódio, decidiu-se a não insistir com seus súditos quanto a uma perseguição tão atroz, mas a levar a igreja a contender pelas várias tradições, em vez de o fazer em prol da fé que uma vez fora entregue aos santos. Como prevalecesse sobre a igreja a fim de que esta recebesse favores e honras do mundo, sob o pretexto de receber benefícios, começou ela a perder o favor de Deus. Esquivando-se de declarar as verdades diretas que dela excluíam os amantes do prazer e amigos do mundo, perdeu gradualmente o seu poder.

A igreja não é hoje o povo separado e peculiar que foi quando os fogos da perseguição estiveram acesos contra ela. Como o ouro se tornou fusco! Como se transformou o ouro finíssimo! Vi que, se a igreja tivesse sempre conservado seu caráter peculiar e santo, o poder do Espírito Santo que fora comunicado aos discípulos ainda estaria com ela. Os doentes seriam curados, os demônios seriam repreendidos e expulsos, e ela seria poderosa e um terror para os seus inimigos.

Vi uma grande multidão professando o nome de Cristo, mas Deus não os reconhecia como Seus. Não tinha prazer neles. Satanás pareceu assumir um caráter religioso, e estava muito desejoso de que o povo julgasse serem eles cristãos. Estava mesmo ansioso para que acreditasse em Jesus, Sua crucifixão e Sua ressurreição. Satanás e seus anjos criam perfeitamente em tudo isto, e tremiam. Se, porém, esta fé não instiga a boas obras, e não leva aos que a professam a imitar a vida abnegada de Cristo, Satanás não se inquieta; pois meramente tomam o nome de cristãos, enquanto seus corações ainda são carnais, e ele os pode empregar em seu serviço mesmo melhor do que se não fizessem profissão alguma. Escondendo sua deformidade sob o nome de cristãos, passam a vida com suas naturezas não santificadas e suas más paixões sem serem subjugadas. Isto dá ocasião para o incrédulo vituperar a Cristo pelas imperfeições deles, e faz com que os que possuem religião pura e incontaminada venham a incorrer em difamação. Os pastores pregam coisas agradáveis para convirem a esses que professam a religião de um modo carnal. Não ousam pregar a Jesus e as verdades incisivas da Bíblia; pois, se assim fizessem, esses que carnalmente são professos da religião não permaneceriam na igreja. Mas, sendo que muitos deles são ricos, deverão ser conservados, embora não estejam mais em condições de ali se achar do que Satanás e seus anjos. Isto é exatamente como Satanás desejava. Faz-se com que a religião de Jesus pareça popular e honrada aos do mundo. Declara-se ao povo que aqueles que professam a religião serão mais honrados pelo mundo. Tais ensinos diferem mui grandemente dos de Cristo. Sua doutrina e o mundo não podiam estar em paz. Aqueles que O seguiam tinham de renunciar o mundo. Estas coisas agradáveis originaram-se com Satanás e seus anjos. Eles formularam o plano, e cristãos de nome o levaram a efeito. Ensinavam-se fábulas aprazíveis e com facilidade eram recebidas; e hipócritas e declarados pecadores uniram-se com a igreja. Se a verdade tivesse sido pregada em sua pureza, logo teria excluído esta classe. Não havia, porém, diferença entre os professos seguidores de Cristo e o mundo. Vi que se a falsa cobertura tivesse sido retirada dos membros das igrejas, seriam reveladas tais iniqüidades, vilezas e corrupção, que o mais tímido filho de Deus não teria hesitado em chamar a esses professos cristãos pelo seu verdadeiro nome, filhos de seu pai, o diabo; pois suas obras o atestavam.

Deus tinha uma mensagem para a igreja, a qual era sagrada e importante. Ao ser recebida, operaria uma reforma completa na igreja, despertaria o vívido testemunho que dela haveria de expurgar os hipócritas e pecadores, e de novo a traria ao favor de Deus."


Primeiros Escritos, p. 226 - 229, Ellen G. White




_______________
Bem pessoal, é um texto forte que não poupa palavras.Àa luz de tal, podemos ver claramente a situação da igreja hoje e o que ocorre nos púlpitos. Já olhou alguma vez e pensou: "Não é possível que esteja tão ruim assim!" - Mas na verdade, para ser sincero, está muito pior do que imaginamos.

Complementar a ele, recomendo a todos que ouça a série "Guerra dos Sentidos" de Daniel Spencer.

12 novembro 2008

Escutar música boa faz bem ao coração, revela estudo

0 comentários
da France Presse, em Washington

Além de te deixar animado, ouvir suas músicas preferidas pode fazer bem ao seu sistema cardiovascular. Essa é a conclusão de um estudo americano divulgado nesta terça-feira (11).
Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Maryland, que já tinham mostrado, em 2005, uma relação entre o riso e a performance cardíaca, encontraram agora benefícios para o coração no ato de ouvir música agradável.

"Já tínhamos demonstrado que emoções positivas, como o riso, são boas para a saúde vascular, mas a pergunta lógica era se outras emoções, provocadas, por exemplo, pela música, tinham o mesmo efeito", disse Michael Miller, diretor de Prevenção em Cardiologia do centro médico da Universidade de Maryland.

Miller fez com que uma dezena de estudantes escolhesse a música que "mais os deixava felizes" e os expôs a quatro tipos de som para comparar seu efeito sobre o sistema vascular: música apreciada pelo paciente, música estressante, áudio para relaxamento e canções engraçadas.
O diâmetro dos vasos sangüíneos foi ampliado em 26% com a música escolhida, enquanto a música estressante fez os vasos encolherem 6%.

"É impressionante a forte diferença antes e após se escutar uma música agradável, assim como entre uma música apreciada e uma estressante", disse Miller.

Com as músicas engraçadas, os vasos sangüíneos se dilataram 19%, enquanto a música de relaxamento produziu uma dilatação vascular de 11%.




__________
Nota: Fisicamente, em questão a saúde, músicas que te deixam animado (não, necessariamente, agitado), que te deixa para cima, ao invés de melancólico, triste, perturbado, ... são boas para o nosso organismo, como visto, dilata os vasos sangüíneos, isso sem levar em conta a produção de endorfina e seratonina. Desse modo, que nem o quisito "tipo de música", consegue ficar a parte da mensagem de Reforma da Saúde; abstinencia de músicas estressantes (aquela que fazem liberar adrenalina e cortisóis em demasia - hormonios do stress.) e passar a ouvir músicas agradáveis. Apesar, que uma questão curiosa e importante há nisso; pois há pessoas que consideram, mesmo a dor, como algo agradável [Masoquistas]; então não é dificil de imaginar, o que pode rolar quanto ao que é "agradável" na música.

Contudo, já dizia o salmista: "Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que cantemos de júbilo e nos alegremos todos os nossos dias." (Salmos 90:14) E, complementava seu filho, Salomão: "O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos." (Provérbios 17:22).

Nesse clima, que tal ouvir uma música bem agradável, gostosa, que deixa você animado, para cima, feliz, e ao mesmo tempo, tem um efeito suave sobre o corpo, não deixando de ser bem triunfal? Ouça: Hallelujah from Messiah

11 novembro 2008

O Brasileiro, segundo Jabor

0 comentários
- Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.
Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;
Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;
Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade. ..
Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.
É coisa de gente otária.

- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.
Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.
Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.
Brasileiro tem um sério problema.
Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira. Brasileiro é vagabundo por excelência.
O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.
Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.

- Brasileiro é um povo honesto. Mentira. Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.
Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso.
Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.

- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira. Já foi.
Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da
Guerra do Paraguai ali se instalaram.
Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.
Hoje a realidade é diferente.
Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.
Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.
Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

- O Brasil é um pais democrático. Mentira. Num país democrático a vontade da maioria é Lei.
A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.
Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.
Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.
Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).
Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.

Democracia isso? Pense !

O famoso jeitinho brasileiro.
Na minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.
Brasileiro se acha malandro, muito esperto.
Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.
No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?
Afinal somos penta campeões do mundo né?? ?
Grande coisa...

O Brasil é o país do futuro. Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.
Dessa vergonha eles se safaram...
Brasil, o país do futuro !?
Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro.
Puxa, essa eu não vou nem comentar...

O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.
Para finalizar tiro minha conclusão:

O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente.
Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta.
Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.
Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: Água doce!

Só falta boa vontade, será que é tão difícil assim?

FAÇA A SUA PARTE (SE QUISER)

____________
Nota: O triste é que de fato, Mário de Andrade, tinha razão. E o pior, é que muitos se alegram, com a carapuça de Macunaíma, que serve, e lhe cai bem.

Educação - Importa?

0 comentários
Li algo hoje que me chamou a atenção:
"Hoje, você encontra concurso público para policial rodoviário federal com exigência de nível médio e salário de R$ 5.260. Um professor, com nível superior, no Estado do Pernambuco, por exemplo, ganha em início de carreira R$ 762." - Para Heleno Araújo Filho, secretário de assuntos educacionais da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação)

Qual valor é dado para a educação? A resposta está no valor dado aos profissionais ativos diretamente nessa obra. Enquanto que ao mesmo tempo, o Estado deixa de dar o devido valor a tais (talvez, por boa parte do Estado ser composta de pessoas com pouca educação, e que nem mesmo foram educadas a serem honestas, trabalhadoras e fazer em dia o dever de casa), o professor perde o seu valor nas escolas; apenas visto como um inconveniente necessário - e porque é lei.

A culpa é do só do Estado? Outro dia mesmo, uma mãe veio me perguntar se onde estudei o ensino era muito puxado, pois a filha dela está num colégio onde o ensino é bastante puxado, e assim, a garota "se matava de estudar" (dizia a mãe), na quinta-série. E os exemplos não param por aí.

O que é a educação hoje? Qualquer coisa, menos educação. Gosto de um pensamento que diz:



"O coração da educação é a educação do coração."



Contudo, a 'educação' nada mais do que numa quadrilha, na qual os professores fingem que ensinam e os alunos fingem que aprendem; e assim o "conteúdo", pode continuar em sua seqüência, pois o professor tem o papel de "apresentar vários temas aos alunos", e de algum modo, fazer com eles entendam, alguma coisa de tais; pelo menos o suficiente para passar de ano; terminar o curso, ganhar um diploma, e depois, poder ir para a Faculdade; onde talvez ele aprenda, realmente, algo especificamente para a área profissional em que vai atuar.

Se isso é educação, é fácil imaginar então o motivo pelo qual há tanta gente intolerante, lares destruídos, pessoas com dúvidas quanto ao que fazer da vida. Pessoas infelizes, nas quais trabalham, meramente para gastar, para consumir; e consomem, de modo, que precisam trabalhar para poder pagar; num 'circo' vicioso. Entre tais pessoas, há - e não poucas - aquelas que trabalham arduamente, dormem pouco, 8, 10 hrs de jornada de trabalho, se stressam, para ganhar uma graninha. Para que esse dinheiro? Para depois ele ir no bar, tomar umas, falar algumas besteiras para os amigos e dar algumas risadas. Com isso, dá para imaginar, o que seria da vida da pessoa, se ela não precisasse trabalhar, por exemplo, ganhasse na Sena. Um desrespeito para qualquer mente, ser, realmente, inteligente que existe; um desrespeito para o verdadeiro trabalhador.

Um desrespeito para a Educação. A qual, nem o Estado, nem o professor, nem o diretor, nem os pais possuem consideração. Olha para tal como "Um bem necessário." Não dizem mal, porque gostam das coisas ruins. Gostam de sedentarismo, de ignorância, de não estudar, de ficar nos bares, de ficar a toa por aí, de ficar meramente perdendo tempo no espelho ou vendo revistas de imagens, ficar vendo filme, ficar ouvindo uma música para balançar e distrair, ficar comendo um churrasco, uma gordura, uma caipirinha, enquanto pensam em algum Paris Hilton por aí, imaginando cenas perversas, como os mais profundos sonhos da alma, que no fundo desejaria ser realidade, usando uma droga talvez, mas fofocando. Contudo, olham para a educação assim como olham para um almoço vegetariano, um estilo de vida saudavel, um "Power(Off)" na TV, a compra de alguns livros para ler (sem que seja para faculdade), para uma atitude de humildade e renúncia do 'eu' para um bem maior; assim, como deixar de comprar um carro de luxo, para comprar um mais simples e ajudar a familia ou amigos; que dão prioridade em conhecer o coração dos vizinhos ao invés de viajar para os vizinhos.

Que Brasil é esse? E tem gente que ainda acha que as escolas estão boas...

E pior, tem gente que acha que até as Escolas Adventistas escaparam dessa; quando ao meu ver, apenas aproveitam de um rótulo.

A culpa é do Governo? A culpa é de você que chega em casa, pega a cerveja e vai ver um jogo de futebol. Pois o que realmente interessa é "quem vai ser campeão" e se o carro está abastecido.

10 novembro 2008

Mas vós, quem sois?

0 comentários
"E alguns judeus tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre possessos de espíritos malignos, dizendo: "Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega." ... Mas o espírito maligno lhes respondeu: "Conheço Jesus e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois?" E o possesso do espírito maligno saltou sobre eles, subjugando a todos, e, de tal modo prevaleceu contra eles, que, desnudos e feridos, fugiram daquela casa."
Atos 19:13-16

Ao ler tal capítulo de Atos dos Apóstolos no último sábado, fiquei um tanto quanto impressionado com esse verso. Imagine a cena. Alguns judeus, sendo o pai sacerdote, encontram uma pessoa 'possuída' e, no contexto, estavam impressionadas com o poder e testemunho de Paulo. Diz que era tal, que em algumas ocasiões, pegavam parte da roupa de Paulo, ou algo do tipo, e colocava sobre pessoas enfermas e elas eram curadas. Então, tais judeus, tentam libertar tais pessoas; Invocam o nome de Jesus dando a enfase "a quem Paulo prega", pois até então, muitos judeus não aceitavam ou pouco conheciam sobre Jesus.

Mas o que acontece a seguir é intimidador. O demônio, ao invés, de fugir, libertar tal pessoa, se render quanto a invocação de Jesus, não! ele retruca. E diz, algo mais ou menos do tipo: "Eu sei quem é Jesus, e quem é Paulo, mas e você?" Ou também algo do tipo, "Conheço o poder, santidade, de Jesus e de Paulo; mas não conheço o seu. Cade ele? Cade seu poder? Não o vejo." Desafia o judeu. E como se estivesse bravo, meio que com aquela idéia "Quem você pensa que é para vir me expulsar?" Ele deixa o possesso livre e vai para cima do judeu, surrando-o, e fazendo grande estrago, tipo que um castigo; de modo, que os deixou "desnudos e feridos", tais se apovaram e fugem, desesperados, daquela casa.

Não diz, se após isso, tais demonios voltaram para as pessoas originais; ou, se, implicitamente, sem querer querendo, no fim, aqueles judeus até conseguiram libertar tais pessoas. Mas eis um acontecimento que me fez pensar em muitas coisas.

Como pode um coração não, verdadeiramente, convertido e consagrado, sem que esteja realmente revestido do poder do Espirito Santo, pelejar contra o inimigo? Que moral há em nós? Quem somos nós para lutar? Diz Ellen White, no Grande Conflito - se não me engano - que a nossa arma contra o inimigo é a "resistência". Quando ele nos tenta, mas resistimos, ele se "apavora", pois ele vê o mesmo caráter, poder e imagem de quando Cristo resistiu aos seus mais poderosos ardis na Cruz. Então, em atitude de desespero, ele tenta com muito mais crueldade e forças, buscando subjugar e estimular as emoções, os prazeres da carne, cercando todo o coração de tentação, a fim que você peque. Mas quando por mais "castigado", "fraco", "machucado", perturbado, stressado, tentado, influenciado, ruim, que nós e as situações estejam, e mesmo assim, resistimos, o inimigo quase tem um infarto, suas mãos e canelas tremem de pavor, pois pode ver o Reino de Deus, a imagem de Cristo, o Vencedor; o ambiente fica tão ofensivo ao inimigo que ele não suporta permanecer ali e foge, desiste. Mas, não vai para muito longe, ficando em derredor, observando atentamente, até que surja um sinal de fraqueza, para atacar novamente.

Acontece, que isso é uma escala. Jesus, Paulo, Elias, João Batista, entre tantos outros, certamente, deveriam ser pessoas, que só de citar o nome, apovorava os demônios, inclusive Satanás. E mal conseguiam suportar a presença deles. Veja o contraste, Elias na montanha inverte o papel, os sacerdotes de Baal invocavam-no, Satanás e seus anjos ali estavam sendo requisitados, e certamente, desejavam agir de forma impressionante, pois o que estava em jogo era o coração, a adoração, de Israel. E por mais que ele fosse requisitado, por mais que tentasse demonstrar seu poder e fazer o sinal. O poder de Deus o impedia. A presença de Elias com um exército de poderosos anjos venciam o inimigo. E Elias, ousado, até "tirava sarro" deles, provocando: "Cade seu deus? Gritem mais alto. Vai ver ele foi no banheiro, ou vai ver ele está muito ocupado." Já com os judeus, a história foi outra.

Em qual escala você está? Com que olhos o inimigo e seus anjos te vêem? Com que ouvidos te ouvem? Sua presença os incomoda, ou não tanto assim? Você se tornou uma pessoa insuportável para eles? Ou eles te vem com desprezo, como alguém que, se quiserem, podem te dar uma surra e fazer você voltar correndo nú e ferido para casa? Ou um dominado, assim como um traficante olha ao usuário? Ou como um amigo, com algumas intenções e propósitos em comum?

Aqueles judeus, se professaram cristãos, crentes no poder do nome de Jesus. Mas na hora da peleja contra o inimigo, foram encontrados totalmente vazios, destituídos de qualquer moral e autoridade ao rogar pelo nome de Jesus. Pense agora na situação do dia-dia no qual temos que lutar contra o inimigo e contra o "eu", o que na verdade acontece a cada segundo, a cara respiração, a cada sinapse; tem tentado rogar o nome de Jesus em vão? Deus tem ouvido, tem respondido suas orações? Deus é quem tem conduzido a sua vida, ou é Satanás, ou o seu 'eu', que tem feito o que bem entender?

Naquele caso, os demonios deram uma boa surra. Mas quantos não são surrados por tapas de pena? São acariciados, recebem um carro, um emprego, dinheiro, muitas posses materiais, viajens, isso e aquilo, aparentemente tudo está bom com a sua vida. Mas quando na verdade, é Satanás surrando sua consciência, tornando-a totalmente destruída e destituída da presença de Deus, do poder e da moral cristã; tornando a consciência tão anestesiada, que mal consegue ouvir a voz de Deus falando-lhe aos pensamentos, ou pior, até mesmo achando que "Deus não fala comigo."

Sabe aquelas situações em que você não está com nem um pingo de vontade de orar, de abrir a sua Biblia, e até há "desculpas" ( tarefas para se fazer); mas ao mesmo tempo, percebe que há um vázio, uma carência, uma necessidade disso fazer, mas não quer fazer, não tem vontade. Esse pensamento de separação ocorre, e não há um pingo de vontade no seu coração de tomar uma atitude e reconciliar isso. E ao mesmo tempo, pode estar em meio a uma forte tentação. Sabe, nesse momento é quando você mais precisa, é quando há maior urgência de você dobrar seus joelhos e falar para Deus. Pois Satanás cercou totalmente seu coração, de modo, que para onde quer que olhe, não há vontade alguma de buscá-Lo. É uma daquelas situações de Cruz, é a cena na qual Jesus estava espancado, com fome, desnutrido, desidratado, stressado, tudo quanto de ruim e no máximo possível atordoado fisico e mentalmente; e Satanás, ali, tentando, com todas as forças fazê-lo desistir de cumprir a missão, de rebelar-se contra Deus, de não prosseguir, de desistir, de não buscar poder e forças do Pai. É essa cena que está em jogo. No qual Satanás pode ter vitória sobre você, ou derrota, e esse resultado vai depender unicamente da sua decisão.


"Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue." Heb. 12:4.


Decida portanto resistir. Resista e lute até o sangue, até a morte se preciso for, contra a tentação, contra o inimigo, contra a vontade do seu 'eu'. Isso lhe dará vitória, isso lhe dará poder. Pois é quando mais fraco que você está, que mais precisa do poder de Deus, consequentemente, é quando mais poder tem, quando mais poder demonstra, quando mais Satanás é derrotado. Esse poder está disponível a nós. Poder como com o qual Jesus, apenas da sua presença já pertuba os demonios; assim, a sua presença pode também perturbar o inimigo, e assim, tendo maior exito para alcançar os demais corações das pessoas ao seu redor. E esse poder é tamanho, que nem todos os anjos inimigos unidos podem prevalecer diante do poder do nome de Jesus. Assim como foi com Jonas, um só cristão, entrou no meio de uma cidade (talvez umas 40mil pessoas) cheia de pessoas do pior tipo, cheia da presença de anjos inimigos; contudo, em 40 dias, prevaleceu sobre toda cidade, de modo, que até mesmo o rei fora alcançado.

Esse poder está disponível a nós. Poder com qual, Elias, Jesus, Paulo, entre tantos outros, foram ousados na peleja contra o inimigo, "Aqui você não tem vez. Se fosse você (Satanás) sairia agora mesmo correndo daqui, pois estou cheio do poder de Jesus, e se você ficar, vai levar uma surra feia."

Portanto meus amigos, essas são as palavras que compartilho com vocês, nesse inicio de semana. E que espero que praticamos-a, para que possamos ser cristãos fortes e ousados, estando fracos. De modo, que nosso nome seja conhecido entre os demônios, e que tal, causa-lhes pavor e temor.

Para encerrar esta meditação, ouça essa implacável música que fala sobre esse poder.

05 novembro 2008

Speedy - Provedor Gratuito

0 comentários
Bem, pessoal, hoje levei um certo susto quando li na Internet que será novamente obrigatório o uso de um provedor para conectar-se a Internet por meio do Speedy. Aliás, uma palhaçada.
Talvez, você tenha levado esse susto também, de talvez ter que gastar de 10 a 30 reais a mais com provedor, por mês. Sendo que a própria taxa do speedy já é salgada. Mas, felizmente, há 2 opções legais, que foram disponibilizadas, pelo menos por enquanto, para que os usuários possam acessar a Internet com um provedor gratuito:
- Terra (Plano Básico)
- Inter.Net (Plano Grátis)

Então, você usuário Speedy que não tem um provedor. Que tal cadastra-se logo em um dos dois, ou nos dois. Pois a partir do dia 7 de novembro (sexta-feira), apenas com o provedor.
3 dezembro: Pelo visto isso não ocorreu como fora divulgado. Todos os dias o login internet@speedy.com.br e senha: internet funcionaram perfeitamente. Contudo, os usuários que também criei pelo Terra e Inter.Net também funcionaram.

30 outubro 2008

Investimento no Exterior e Taxa de Câmbio

0 comentários

Bem, peguei o gráfico do histórico do ativo (ação) da Google no Advfn. E por ser uma ação extraordinária, impressionante, revolucionária, assim como a empresa. Usarei ela, como base para um exemplo bem interessante para demonstrar, como que o valor de câmbio altera a balança comercial, os valores do investimento. E por que, um bom investidor, pessoas que manjão mesmo do Mundo Financeiro, e de brincar de lucrar e ganhar uma grana, investem em vários Mercados pelo mundo, e em ações no exterior.
É um exemplo bem simples, em nada rigoroso, trabalhando com situações idealistas, e ignorando várias taxas, impostos, e burocracias que há no processo, que por fim, diminui a fátia do bolo final. Mas dá uma boa idéia.
(OC, Ordem de Compra. OV, Ordem de Venda.)
_____
Suponha, que ali para Ago/2004 você comprou 100 ações da Google, a $ 100,00 cada. E você vende tais ações, no seu ápice histórico, ali para nov/2007. Veja o que teria acontecido:
INICIO: U$ 10.000,00 e R$ 30.029,00

OC: Ago/2004: 100a x 100$ = U$ 10.000,00 (na época R$/U$ = 3,0029) = R$ 30.029,00
OV: Nov/2007: 100a x 950$ = U$ 95.000,00 (na época R$/U$ = 1,78) = R$ 169.100,00
Lucro = U$ 85.000,00 (+750,00%) = R$ 139.071,00 (+ 363,12%)
Ok. Realmente, um bom lucro para tão pouco tempo, em torno de 3 anos; e apenas fazendo uma ordem de compra e uma de venda. Pois realmente, esse foi um diferencial das ações da Google, elas dispararam num ritmo absurdo em muito pouco tempo. Mas acompanhe o gráfico, olhe que ali para Fev/2008 as ações despencaram, chegando num ponto critico de reversão. Então, vamos supor que estávamos acompanhando muito bem a economia e tal ação, de modo que pensamos e agimos: "É hora de comprar!"
Primeiro, você compra dólares com os seus R$ 169.100,00
R$/U$: 1,7277
Total = U$ 292.154,07
Então você compra a ação a 420$. Ou seja, compra umas 695 ações.
OC: 695a x 420$ = U$ 291.900,00
E o restante, você coloca numa poupança nos EUA:
Poup: U$ 254,07
Ok. Agora, vamos supor dois casos diferentes, e observar suas peculiaridades.
CASO 1:
Ali para Set/2008, o valor da ação recuou, chegando ao mesmo no qual você adquiriu a ação. Mas com uma diferença, o "Câmbio" mudou. O valor R$/U$ disparou. E veja o que acontece:
Set/2008. Valor da ação: 420$.
OV: 695a x 420$ = U$ 291.900,00
Aí você decide ajuntar com o dinheiro que estava na poupança, e rendeu ai, pelo menos 0,6%/mes, por 7 meses.
Poup = 254,07 x (1 + 0,6%)^7 [Juros composto]
Poup = U$ 264,93
Total = U$ 292.192,93
R$/U$ = 1,9551
Total = R$ 571.211,66
Opa! Mas que salto!!! De R$ 169.100,00 você saltou para R$ 571.211,66; apenas devido a alta do dólar, enquanto seu dinheiro estava investido na Google. E datalhe, a ação não rendeu nada. Ou até mesmo poderia ter caído um pouco, e você ainda teria um bom lucro.
CASO 2:
Vamos supor, que ao invés do caso1, você jogou diferente. Comprou em Fev, mas vendeu assim que chegou no seu próximo pico, a passou a ter ponto critico e reversão para tendência de queda; o que ocorreu ali para Maio mais ou menos (3 meses depois). E então, você aproveita, e vende.
Maio/2008
OV: 695a x 595$ = U$ 413.525,00
E você decide aplicar esse dinheiro na poupança.
Poup Total = 258,67 + 413.525,00 = U$ 413.783,67
Ok. O tempo passa, e o dólar começou a disparar no segundo semestre de 2008, com certa volatilidade e tendência de alta. Até que um dia, explodio. E você resgata esse valor em real, com o R$/U$ = 2,30; em Outubro.
Por fim, você chegou aos R$ 951.702,44
Sendo, que se você tivesse resgatad o dinheiro em maio. Você estaria com R$ 673.466,80.
Isso mostra, como o capital, investido no exterior, está em função de, no minimo, duas coisas {valor do ativo, câmbio}. Desse modo, é preciso ser muito mais analista, para entender o que significam os números, os porcentuais de lucros. Aliás, calcule, o porcentual aqui de quanto foi que subiu essas ações, o lucro, no dolar e no real; e verá valores diferentes e intrigantes.
Por fim, é preciso análisar profundamente o Mercado. Não é apenas pegando os valores de alguns indices. Ouvindo o que o reportar falou, ver se a bolsa está em alta ou queda, se o ativo está em alta ou queda, se o dólar está em alta ou queda; que vai dizer, se o investidor está tendo lucros ou prejuízos. Ou se é um bom ou mal momento para ele investir. Para um bom investidor mesmo, não há momento ruim e sim, momentos mais dificeis. Mas um bom investidor mesmo, com a variedade de opções de moedas, ativos, mercados, que há no mundo; se aproveitado, devidamente, fará fortunas, lucros astronomicos no período de Crise, principalmente; devido as fortes oscilações que ocorrem na Câmbio e nos Ativos. E pode ter a absoluta certeza, que essa Crise Financeira, foi "a crise que muitos pediram a Deus", a oportunidade, que certamente, muita gente (no sentido de poucos) deve ter aproveitado bem e gerado lucros astronômicos; e devem estar torcendo para que "a crise continue". Pois no fim. As coisas estão em queda não porque o dinheiro some, mas porque ele é transferido para outras mãos. E algo que nos faz pensar é: "Se as bolsas em todo mundo despencaram tanto nos últimos meses. Onde é que esse dinheiro foi parar?" E "Se bilhões de dólares sumiram dos bancos devido a crise do subprime. Onde foram parar?" - Talvez, esse tenha sido um episódio do Maior Golpe Financeiro da História, até agora.
O que digo? Para pessoas, simples como nós, sardinhas, que pouco entende de Mercado, pouco dinheiro, e pouco tempo tem para acompanhá-lo. Não vamos entrar na brincadeira agora, onde os tubarões estão deitando e rolando, e devorando tudo, inclusive nós. Cautela. Espere as coisas se estabilizarem mais, para diminuir o risco de alguem lucrar com seu dinheiro, de forma, que talvez te retorne uma baixa, ou prejuízo. E eu, acho, que o IBOVESPA vai cair ainda mais, ou seja, ainda não é ponto de reversão definitivo. Vamos esperar para ver. E enquanto isso, vou me preparar, guardar um dimdim, e estudar bastante, para entender sobre os Mercados, principalmente, para também, buscar aproveitar o Câmbio, e todos os meios que o Mundo Capitalista Financeiro tem a oferecer para lucrar e enriquecer.
Particularmente, pretendo isso, para bons fins, não egoístas, não de luxo, não de comodidade, não materialista. Mas para realizar sonhos de poder ajudar ainda mais as pessoas. E poder viver de forma mais exclusiva para obras sem fins lucrativos e que precisa de investimentos altos. E assim, poder fazer todas essas coisas, sem ter que se preocupar com o pão de cada dia. Já qunato a você, eu não sei. Pode parecer estranho, mas imploro, que tente enriquecer para ajudar os outros e não por egoísmo. Pois caso contrário - que merda - mais um capitalista.

29 outubro 2008

Novo Windows 7

2 comentários
Depois do traumático Vista, a Microsoft promete que seu novo sistema operacional, chamado Windows 7, será mais simples e leve. A idéia é que usuários não tenham de comprar máquinas mais robustas, e caras, para usar o software e também facilitar o manejo dos itens.
Segundo Michael Silver, um analista da Gartner, o lançamento do Windows 7 é um processo crítico para a Microsoft. "O real obstáculo é deixar a reputação do Vista para trás", diz. O novo programa deve ser lançado para teste no início do ano que vem.

Entre as novidades já anunciadas pela Microsoft estão as mudanças na barra de tarefas do Windows, que deve ter menos botões --a empresa afirma que vai retirar os "redundantes".
Os usuários poderão arrastar os ícones de documentos e programas, para organizá-los na ordem de preferência. Um clique em ícones de programas, usando o botão direito do mouse, vai relevar informações como documentos recentes produzidos com o software.

Outra promessa diz respeito ao uso de redes sem fio, que a Microsoft promete interligar de um modo "mais intuitivo e automático". A intenção é que seja mais fácil compartilhar arquivos com outros computadores.

Lógica em arquivos
A empresa diz ainda que o Windows terá um novo sistema de armazenamento de arquivos, que vai agrupar documentos semelhantes, como fotos, para exibi-los juntos em uma pasta. Esses arquivos podem estar no computador, em um disco rígido externo ou em um PC da rede. Segundo a Microsoft, o recurso pode ser útil para organizar as fotos digitais de uma família.
Como foi antecipado por Bill Gates, fundador da Microsoft, o Windows 7 vai dar suporte para telas sensíveis ao toque. O objetivo é que usuários possam usar os dedos para acionar funções, mesmo em programas que não sejam especificamente desenvolvidos para isso.

A empresa informou também que a próxima versão do pacote de softwares Office irá incluir uma versão para que os documentos de texto e planilhas funcionem dentro de um navegador da internet.

A medida é uma resposta à rival Google, que disponibiliza gratuitamente o Google Docs, com editor de texto e planilha e software de apresentação através da internet.

Com Reuters e Associated Press



_______________


Nota: Pois é. Ao meu ver o Windows Vista foi mais do que fiasco, ele simplesmente:

Contras:
1. É mais pesado.
2. Gasta muito mais memória fisica e virtual.
3. Usa muito mais processos e pagina muito mais.
4. A grande maioria dos novos recursos é inútil.
5. Pouca inovação e melhora.
6. Coisas, outrora instantaneas, agora devagar. (como conectar a Internet).
7. Comuns bugs de fechar janelas e incompatibilidade de softwares e hardwares.
8. Alguns hardwares perdem desempenho.
9. Gasta - à toa - muita memória de processamento de vídeo.
10. Ainda em falta com um guia mostrando de forma, clara, simples, amigável e rápida os novos recursos do sistema; vários recursos; o que pode ser feito para torná-lo mais rápido; guia dos serviços. (normalmente, para isso é preciso recorrer para blogs, revistas...)
11. Tenta agradar demais visualmente. Mas ainda impede personalizações ao usuário, tais quais ele possui no Linux.
12. Alguns serviços, como "Controle de Usuário" chega a ser um saco!
13. Diminui o desempenho em tudo.
14. O indexamento de arquivos nem se compara ao serviço da Google.
15. A barra de tarefas - novidade da versão - vem com muitas inutilidades. É limitada quanto a personalização. E gasta muita memória.
16. O Painel de Controle, entre outros caminhos rápidos na versão XP, ficaram complicadas, escondidas e burocráticas.
17. Gasta muito mais espaço no HD.
18. O sistema de pesquisas é ainda obsoleto comparado ao do Google Desktop.


Prós:
1. Ficou impressionantemente mais bonito. (contudo, há uns downloads que torna o XP com o mesmo visual - quase indistinguivel do Vista - e não consumindo tanta memória).
2. A estrutura de armazenagem de arquivos e divisão nos "Meus Documentos" ficou melhor.
3. Os modos de vizualização de arquivos forão um destaque.
4. Ver o conteúdo do arquivo no seu Icone, foi uma boa inovação.
5. Aumentou a segurança.
6. Finalmente, Xadrez, entre as opções de jogos básico.
7. Basta clicar no relógio para aparecer o calendário mensal.
8. Agora reconhece compactos do formato .rar, sem precisar de instalação do WinRAR.
9. Os ícones finalmente ficaram com um visual mais elegante.
10. Novo mecanismo de troca de janelas ficou interessante, mas pouco usual.


Se alguem tem o Vista hoje, e não liga muito para o visual e novas frescuras. Retire e coloque o XP. E se ligar para o novo visual. Procure na Internet por uma expansão do XP que o torna com o Visual do Vista, é impecável. Pois realmente, esse Vista aff...

Tenho certeza que boa parte do pessoal só não migrou em larga escala para o Linux; pois esse ainda apresenta uma falta de solidez quanto a maleabilidade das janelas. Ainda há uma grande inimizade com o "Terminal", talvez, maior, com o que havia para com o "MS-DOS". Ainda não ser muito fácil de personalizar. Muitos programas e drivers ainda apresentarem certa resistência ao Linux; especialmente, o Office (mas os concorrentes já estão chegando... - Google Docs, BOrifice) e MSN.

Vamos ver o que o Windows 7 fará. Se teóricamente, gastará a mesmo que o Vista exige do Hardware. No minimo, precisa, e MUITO, melhorar em diversos aspectos, e inovar em outros. Incluindo, o desenvolvimento de alguns aplicativos de edição de imagem, video e som; pois tem crescido muito os usuários, e tais estão recorrendo a softwares externos; pois, Paint, o Windows MovieMaker e mesmo MediaPlayer11, estão, em muito, para trás. O IE já está cabaleando, se esforçando para ficar na frente, com dificuldade. Enquanto que Mozilla Firefox cresce absurdamente, e a Google acaba de lançar o seu navegador, Chrome. O Office 2007 realmente inovou bastante, mas a Microsoft que se cuide, há muito a melhorar, e a Google vem aí. E o Office 2007 ainda não tem recebido muito espaço nos escritórios como o 2003 (o qual ainda predomina hoje).

16 outubro 2008

Respirar Corretamente

0 comentários
Uma das coisas mais importantes para o nosso organismo, contudo, proporcionalmente, dado menor valor, é a nossa respiração. Aquele simples pensamento nos faz pensar sobre o assunto: "Quanto tempo você vive sem comer? Quanto tempo você vive sem água? Quanto tempo você vive sem ar?" Minutos sem o ar e podemos morrer ou ter sérios lesões, sobretudo, no sistema nervoso. O qual, na falta de ar, ou insuficiência, imediatamente te faz desmaiar, para assim diminuirem as atividades a fim de consumir menos ar.

Em primeiro lugar há a questão da qualidade do ar que respiramos? Devemos sim, o quanto possível ir para os campos, matas, colocar plantas e arvores no quintal, entre outros, ir sempre para lugares com um ar de melhor qualidade. E mesmo assim, devemos aproveitar o ar das 3 primeiras horas do dia, que é o ar de maior qualidade, há um ditado que diz: "No amanhecer é quando a natureza dá tudo de si para nós." Levantar cedo, fazer exercicios pela manhãzinha é excelente para nos oxigenar e possuir mais saúde. Ao mesmo tempo, evitar lugares poluidos, com poeira, entre outros; se possível, usar máscaras, principalmente em lugares de ar pesado, como no transito, próximo a rios fedorentos, e lugares empoeirados por construções.

Outra coisa importantissima é usufruir da nossa capacidade de respiração devidamente? Quanto que você acha que rende sua respiração? Tem respirado o suficiente? Acha que está dando o melhor que tem a oferecer para o seu corpo, ou apenas está dando o minimo para viver? O nosso pulmão pode se expandir tanto, que se fosse pegar toda sua superficie e esticá-la, daria para cobrir uma quadra de tennis profissional! Contudo, quão pouco temos usado disso.

Quanto a ação da respiração, para oxigenar melhor nosso organismo, há 3 coisas importantes, primordiais: "Capacidade cardíaca, técnica e capacidade dos músculos usados na respiração."

Capacidade Cardíaca: É o volume de sangue que seu coração consegue bobear por batida. Quanto mais fortalecido estiver seu coração e sistema circulatório. Menos esforço seu coração fará e mais sangue suprirá. Desse modo, nossas células irão participar de um banquete de energia, suprimento, nutrientes, entre outros.

Técnica: É o modo como se respira. A respiração correta, usa essencialmente o músculo diafragma, localizado na parte superior do abdomen. Quando usado corretamente, usa-se FORTEMENTE todos os músculos envolvidos no processo: "Abodomen, intercostais e diafragma". Assim, fazendo os pulmões trabalhar de modo ideal, com maior capacidade, com maior controle da respiração em si e exercitando o abdomen; importantissimo para atividades no qual exige muito uso do ar e de energia, como: "Correr, tocar instrumentos de sopro, artes marciais, concentrar-se numa atividade que exige concentração e raciocinio."

Músculos da Respiração: Tais devem ser bem fortalecidos, exercitados e aquecidos, para exercer corretamente a sua função. E uma autovigilancia, para exercitá-lo e usá-lo, até que se torne automático, inconsciente, é primordial.


Técnica Correta

1. Respire bem fundo, com o diafragma, aumentando naturalmente a barriga, bastante, até não puder mais.
2. Force mais um pouco, com os intercostais, então se espandirá um pouco a região das costas, atrás da região do diafragma.
3. Parta para os musculos superior, estofando um pouco a parte centro-inferior dos peito.
4. Para expirar, o mesmo processo. Buscando dar todo apoio, controle e pressão, na barriga.

Obs. Tudo isso deve ocorrer fazendo a parte superior do peito fique o mais imóvel possível, e sem levantar os ombros. Ajuda, principalmente de inicio, colocar uma mão na barriga e outra nas costas, para observar seu esforço, intensidade e se está ou não "subindo".


Exercício de Respiração

Há diversos, explicarei um, que uso para aquecer para tocar trompete:

1. Continuamente fique contando o tempo, em compassos de 4 tempos.
2. Esvazie tudo de ar que tiver.
3. Conte 4 tempos.
4. Puxe o máximo de ar - usando a técnica - ocupando cada espaço, canto, centimetro cúbico do seu pulmão, em 4 tempos exatamente (nem menos, nem mais).
5. Segure, travando o ar. ( não pela garganta, mas pela barriga - diafragma - quando se usa a barriga, você consegue falar normalmente e até mesmo com uma voz mais robusta, j[a na garganta o mesmo não ocorre). Isso por 4 tempos.
6. Solte todo o ar, de forma contínua, por 8 tempos (nem menos, nem mais); e buscando colocar forte intensidade no sopro.
7. Volte do inicio.

Faça isso por uns 7 - 15minutos. (Você sentirá uma diferença incrível! É muito gostoso a sensação quando o diafragma está aquecido.)


Nota: Você pode de inicio, contar um tempo mais rápido. Mas conforme for aquecendo, e com a prática, vai tornando-o mais devagar. E depois de um bom tempo de prática, perceberá, que poderá aumentar para 12 tempos de expiração.

Não é do dia para noite que você pegará o hábito de naturalmente respirar corretamente. Com o tempo sim, se começar a tocar um instrumento de sopro, ou praticar um esporte que exija muito disso, certamente irá desenvoler isso mais rapidamente. Contudo, busque adquirir a autovigilância, sempre busque pensar nisso no dia-dia, e quando pensar, e perceber que está respirando erroneamente, comece a respirar corretamente. E com essa prática, aos poucos, você irá adquirir o hábito para uma vida de maior vigor mental, físico e espiritual.

Segundo alguns estudos, e mesmo alguns mensagens sobre saúde de Ellen White, grande parte, talvez 70%, da nossa saúde fisica, mental e espiritual, recuperação, imunológico irão melhorar, se respirarmos corretamente. Visto que o ar é o principal combustivel do nosso corpo, ele terá um mar de águas para se abastecer e praticar suas atividades, ou seja, pode dar o máximo de si. Contudo, não respirando corretamente, é como se ele trabalhasse "a conta-gotas".

Nota: Há um século, Ellen White escreveu: “Parte alguma do corpo deve jamais ficar mal-acomodada por meio de roupas que comprimam qualquer órgão, ou restrinjam sua liberdade de movimento. As roupas de toda criança devem ser bastante folgadas a fim de permitir a mais livre e ampla respiração, e arranjadas de maneira que os ombros lhes suportem o peso” (A Ciência do Bom Viver, p. 382). “O corpo feminino não deve no mínimo ser comprimido... O vestuário deve ser perfeitamente cômodo, para que os pulmões e o coração tenham ação sadia” (Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 478). E nunca é demais lembrar: “Eu desejaria que fôssemos antiquados em muitos aspectos. Se pudéssemos ter a antiquada força que caracterizou as antiquadas mulheres das gerações passadas, isso seria muito de desejar! Não falo desavisadamente quando digo que a maneira em que as mulheres se vestem, juntamente com sua condescendência com o apetite, é a maior das causas de seu presente estado débil e doentio. Há apenas uma mulher dentre mil que agasalha seus membros como devia. Seja qual for o comprimento do vestido, devem as mulheres vestir seus membros tão cabalmente como os homens” (Ibidem, p. 479). [Michelson Borges]

13 outubro 2008

A Vaidade Desmascarada

4 comentários
Pedro Cardoso, conhecido ator comediante brasileiro, fez um discurso exaltado e polêmico no lançamento do longa-metragem “Todo Mundo Tem Problemas Sexuais”. Mostrou sua total desconsideração e revolta para com os produtores, diretores, roteiristas, e a própria Globo, pela IMPOSIÇÃO da PORNOGRAFIA – Sim! É pornografia mesmo! Cardoso deixa bem claro. – em tudo! Tudo qualquer programa, de infantil à humorista, passando pelas novelas principalmente. Motivo? Porque é isso que atrai o povão, audiência – Pornografia. É gente seminua ou totalmente despida, ou tendo que fazer, agir, movimentar, ou falar, de modo a isso fazer alusão. O ator fica revoltado, principalmente, porque são eles, os atores, quem tem que tirar a roupa; aqueles que são feitos de objeto, que perdem a dignidade.

Diz até frases como:

“A pornografia está tão dissimulada em nossa cultura [até igreja] que não a reconhecemos como tal.”

“Até quando nós atores ficaremos atendendo ao voyeurismo e a disfunção sexual de diretores, roteiristas e produtores?”, questiona. “Eu penso num dia que não teremos medo do Youtube ou das sessões nostalgia do Canal Brasil. O dia que não teremos medo que nossos filhos tenham que responder perguntas constrangedoras dos colegas na escola. Um diretor não deveria pedir que faça algo que ele não pediria a uma filha sua. Se essa gente quer nudez, que fiquem nus eles mesmos.” “Atores e atrizes podem dizer não às cenas que se sintam desconfortáveis. Não temos uma obrigação de tirar a roupa, que esta não é uma exigência do ofício de ator e sim da indústria pornográfica. E a conclusão de sempre: o programa popular tem que ter calcinha e sutiã, como se a gente brasileira fosse assim medíocre”.

E conclama aos atores a se recusarem a tirar a roupa.

(Veja mais sobre o discurso)


Sim. Isso já é mais do que um apelo, para um professo cristão não assistir novelas, entre outros que a TV moralista (só que a moral de Satanás) transmite. O próprio ator criticando seu trabalho e chamando aquilo de pornografia! E lá estão os pais, e muitas vezes com os filhos, e muitas vezes, menores de idade, assistindo aquela pornografia na TV aberta em horário nobre. Mesmo nos comerciais.

Mas meu discurso aqui não é quanto a isso em si, mas sim, quanto à atualidade, as vaidades. Uma forte indignação que muitas vezes, confesso, parece me sufocar, até mesmo me faz desejar perder todos os sentidos, ou mesmo morrer; para não conviver com este mundo; que faz Sodoma e Gomorra parecer brincadeira. E de certo modo, nem tanto revolta para o mundo (no sentido anti-Cristo), pois já é de se esperar, mas sim para um segmento que surgiu dentro do mundo Cristão, que poderia denominar de Cristianismo-Mundano (Uma forma de mundanismo dentro da igreja). Abra os olhos, e também verá semelhanças com Sodoma e Gomorra.

Para começar, leia essa mensagem de Cristiano James Kleinert (ex-analista de marketing da RenauxView, e designer do grupo AMC Têxtil, detentora das marcas Colcci, Coca-Cola Clothig, Sommer, Carmelitas, Fórum e Triton. Atualmente, é designer gráfico na CPB): A moda que oprime

A pessoa que, de certo modo, criara a mini-saia disse: “O bom gosto é a morte, a vulgaridade é a vida.” Mas que ideologia é essa? O que dá para imaginar de alguém que diz algo assim? E o mais assustador, foi esse o paradigma que levou a produção da mini-saia. E mais assustador ainda, tem muito professo cristão “vestindo essa ideologia”, e muitos por ignorância e ingenuidade.

É difícil especificar um padrão de vestimenta; mas se olharmos para a Palavra de Deus, tal modelo floresce! Diz que os lírios do campo são vestidos de modo, que nem mesmo Salomão em sua glória conseguiu igualar. E pergunto: “Ao olhar para você, vejo algo do tipo lírio do campo?” Qual é a semântica que sua linguagem corporal, seu exterior refletem? Sua veste? Face? Cabelo? (E agora, ) até mesmo dizer “lábios”, “bochechas”, “olhos”, “unhas”, refletem? Pois a corrupção é tamanha, que cada centímetro quadrado do corpo é maximizado de modo a chamar a atenção e apelar para uma aparência sexualmente atrativa!

Adornos. Muitos substituem as pulseiras e jóias pelos produtos químicos, a fim, de brincar de Monet no espelho. (É de assustar em pensar, o quanto de tempo da graça alguns tem usado em ficar “contemplando-se no espelho”). Ou então por roupas e calçados. Interessante, que atualmente, há um informe de “Risco no Uso de Cosméticos” (WebMD), que é “obscuro” os efeitos no organismo – sobretudo do jovem – mas em que as amostras de urinas apontam “You have problems!”. Aliás, acho que foi lá para Abril que li uma matéria falando sobre possível “dependência química” de mulheres para com os cosméticos. Onde no teste, fizeram experimentos com 300 mulheres (consideradas muito vaidosas, de várias faixas etárias), deixaram-nas 3 semanas, sem usarem qualquer cosmético, a maioria desenvolveu inicio de depressão e reações semelhantes a “dependência de narcóticos”; então deram-lhes um coquetel com algumas substâncias as quais o organismo absorvia desses cosméticos, e boa parte delas, apresentaram sinais de “melhoras” da depressão e satisfação. Mas o estudo ainda não era conclusivo, disseram.

E por que é um assunto tão calado? Assunto no qual a própria igreja – como instituição – tem dado pseudos-cartas-brancas? Porque a Indústria Cosmética é, talvez, a mais poderosa do mundo hoje, e que mais cresce! E o que tem ocorrido, são conseqüências do grau de investimento feito por tal. Visto que, para onde quer que olhe, não se vê NENHUMA CENA, em que a mulher – sobretudo – é representado sem o uso de um cosmético. Seja na boneca, no desenho infatil. Ou até mesmo, em desenhos quando animais ou robôs “fêmeas” são representados! Revistas, quadrinhos, jornais, outdoors, televisão. Até na "Lição da Escola Sabatina". Olhe para o mundo, e lá se verá a mulher vulgarizada, a o marketing da Indústria do Cosmético e da moda, a pornografia! Deixando a mensagem: “Se você não usa. Você não é mulher. Então use. Não seja diferente.” (Quantas vezes os anjos já não disseram para sairmos de Sodoma?). E em meio a tudo isso, o crescente número de homossexuais e luxúria.

Até mesmo em ocasiões de culto a Deus, numa espécie de Templo Imóvel (que alguns chamam de igreja, templo, casa de Deus...), ali meus sentidos, principalmente o da visão são fortemente atacados. Olho para f(x, y) e ali vejo a vaidade, e uma imagem sedutora, buscando chamar a atenção para seu exterior; olho para f(x1, y1) idem; olho para f(x2, y2), idem de novo. E assim, add infinitum.

E vou dizer, é difícil, mas devem existir outras pessoas, que tem nostalgia e nojo quando se vê Monet, não em quadros, mas nas pessoas. É nojento pensar que mesmo num contato fisico, há uma camada de algo artificial quimico, que busca disfarçar - como que dizendo: "O original é uma porcaria." - o que há de verdadeiro. A pessoa pode ser incrivelmente bonita por fora, muito bonita por dentro, legal; mas tenho que, de forma, absurda, e na maioria das vezes, vãs, buscar anestesiar a percepção de meus olhos para não sentir esse nojo desse exterior; nem permitir que certos pensamentos, desejos e hormônios floresçam. A vontade é de dar um banho com esponja, pois estão sujas de vaidade, sujeira da qual me entristece de ver. Não estou brincando, a sensação que tenho é como se visse meu melhor amigo viciado em heroína; e a vontade de desejar livrá-lo de tal vicio. Contudo, isso fica drasticamente difícil quando se trata de vaidade, pois muitos a adoram tanto, que vêem como parte de si. - “Repreenda a vaidade do próximo, e o próximo te agredirá!”

Causa:
1. Primária. Abandono, negligência, ignorância do “Assim diz a Palavra...”. O Estilo de Vida simples, a felicidade com o que se tem, e “como é” (entenda bem) seu exterior, a alimentação simples e saudável. O santificar-se na Verdade. A busca por esvaziar cada vez mais do “eu”, do “exterior”, da vaidade; e de cada vez mais, revestir-se de um coração puro, simples e totalmente ab-rogado, dominado por Cristo.

2. Secundária. Já que não olha para Cristo, contempla o mundo. E à imagem do mundo é transformado. E nisso, está o forte ‘neuromarketing’, em que, segundo Kleinert:
“Pseudonecessidades são criadas nos indivíduos para se sentirem frustrados com o que já possuem e partirem num consumismo desenfreado para preencher seu vazio existencial artificialmente criado.”

“Mas pouco se tem falado sobre bens de consumo como os da moda, alavancados pela poderosa indústria da propaganda, advinda de pesadas pesquisas de comportamento do consumidor que pretendem buscar os vazios existenciais nos indivíduos e gerar neles a necessidade de preencher tal angústia e vazio, com coisas materiais, por meio de infindáveis estratégias de neuromarketing pelas grandes corporações industriais.”

“A indústria da moda escraviza a quem produz e quem se preocupa com ela, além de não permitir ser ‘diferente’, pelo sentimento de exclusão que transmite a quem não a acompanha. É apenas uma das pontas do cerco que está se formando, de não permitir que um grupo possa ser diferente.”

Ou seja, estão impondo a mensagem: “Não seja diferente!” Mas como? Como com um Cristão? Sendo que segundo o apóstolo, “o Evangelho é loucura para o mundo!” Como é triste ver que o mundo não tem achado o Evangelho (e seus representantes) loucos.

Engraçado, as pedras mais clamam que os cristãos. Em meio a todo esse apelo sexual. Pessoas que a principio, apenas desejam ser diferentes, chamar a atenção, se rebelar, experimentar algo diferente, estão se tornando militaristas em se manterem virgens até casar-se; o estranho, é que são pessoas não cristãs! Enquanto, que muitas vezes, vemos os cristãos questionando isso, e não em caráter de desenvolvimento. Também, tenho visto crescer um número de jovens contra a vaidade, a moda, e a indústria dos cosméticos – e muitas, pessoas bonitas -, e o mais engraçado, que onde mais vejo isso é na USP, em especial, o povo da FFLHC (uma das faculdades mais mal vistas, por posturas constantes de revoltas sociais). (Não que esse número seja representativo, pois, de fato, é minúsculo).

Onde tenho menos visto essa postura é nas igrejas! (talvez, por ser ali um lugar que mais vejo, então, estatisticamente...). Mas já fiquei sabendo de pais (não cristãos) virem reclamar, ou tirar filhos de clubes, porque no clube tais aprenderam a se maquiar e ficar vaidosos. O problema, principalmente, afeta nas igrejas dos grandes centros urbanos.

O que falar da música então? Não gosto de rotular música, isso tira a sua semântica verdadeira. Mas existe hoje a música ‘cristã’ com caracteres mundanos. Que, nossa!, é terrível para ouvir com os olhos do discernimento! Principalmente, porque o pessoal está ficando surdo e o som fica tão alto que me dá dor de cabeça. Até farei uma proposta para a comissão, usar um decibelímetro; e definir um volume máximo saudável, pois creio que o pessoal do som estão perdendo a audição. Aliás, ultimamente tenho usado protetor de ouvido, pois os visinhos estão sem noção, shows barulhentos pela vizinhança, carros com motores modificados, motos com 600 cc, caixas de som fortes, é barulho tão forte, que abafam o som dos pássaros, e até mesmo me deixou “irritado” no domingo; queria paz e não barulho! Tem dia que não consigo dormir sem ele. E o mundo se tornou gritante! Não, não quero perder a audição!

E quanto a semântica musical, à grosso modo, as músicas tem pendido mais para Britney Spears do que para Beethoven. Aliás, nem ouse falar em cantar algo do tipo Sinf. 9 de Beethoven, se não os “modernos músicos cristãos” vão te abafar, te chamar de fanático, de descontextualizado, de radical... (várias palavras com semântica pejorativa.)

Para começar os tons mais graves, que trás a idéia do tipo “poder na serenidade, seriedade, silêncio, calma” estão sumindo. Cada vez mais comuns, conjuntos e músicas sem a voz do baixo; ou músicas, que nem dá para cantar um baixo. Ou então, músicas praticamente em escala de Dó e de Sol. A música sem adrenalina está em extinção. E a gritaria também tem aumentado. Tudo de modo a satisfazer os professos cristãos com aquilo, modo de “troca”, que tinham com as músicas do mundo; só que agora com uma “aprovação religiosa”. E aí continuam, substituindo a adoração à música, deixando de orar e estudar a Bíblia para ouvir sons.

Aliás, o que tem acontecido com os princípios da música cristã? Veja:
Estudo – Música, Louvor & Adoração

Um dos graves problemas é que as pessoas estão analfabetas quanto à música. Sim, tem muita gente escrevendo, lendo, ouvindo, manjando de técnica; mas são praticamente surdas quanto à “interpretação”. Não sabem interpretar, decodificar - desse modo, como discernir? Não é preciso ser poeta para ler uma poesia; mas muita, muita gente mesmo, a absurda maioria, não sabe interpretar música. E não pense que é algo simples. Uma amiga, estudou por 5 anos piano – e ela era “boa”, manjava muito de música, tocava violino e flauta também – e na prova de Conhecimentos Específicos da ULM foi reprovada, porque não sabia interpretar. Então, ela meio que teve que “reaprender” a tocar piano, com um outro professor, por mais 6 anos! Para aprender a interpretar música. E eu mesmo, apenas nos últimos 2 anos comecei a aprender isso, quando comecei a estudar sobre tal, e assistir uma série do canal Film & Arts, chamada “Ensaios”. E desde então, tenho me aprimorado e aprofundado muito quanto a isso. E agora, que sei, um pouco que seja, fica muito mais evidente o quanto as demais pessoas, sobretudo, os músicos da igreja não sabem interpretar música. Isso é assustador!

E tudo isso faz-nos pensar na distinção dos filhos de Deus para com o mundo. Qual? Qual a distinção, diferença, dos professos cristãos para com os não? Na aparência: Não. No estilo de vida: Não. (pois até mesmo quanto aos hábitos, é mais fácil ver “pedras” dando exemplo do que os cristãos; como na alimentação e exercícios físicos). Na leitura? Os cristãos têm lido a Bíblia? Na música? Não.

No que então? Na doutrina? Ideologia? - Hum... Não. - Ora! Mas por que não? - Porque na prática tem sido praticamente, o mesmo. Uma doutrina puramente teórica, mas que pouco têm sido praticada. Teoria? Hum, falar de teoria, qualquer acadêmico gosta. Eles amam teoria, sem colocar em prática na vida. Pior, que tem muito professo cristão que nem mesmo a teoria conhecem.

As igrejas, Sodoma, as cidades, Gomorra!
Que lugar mais inóspito para se viver.
Aflige, e muito, o coração, ao ver e ouvir.


Falamos muito sobre os sinais do fim do tempo, o ecumenismo, ecomenismo, decreto dominical, crise financeira etc. Tudo apontando como se “a qualquer momento” o sinal para os últimos 100 metros fosse ocorrer. Já eu, não vejo tanto assim. Pois as profecias dizem, que haveria um grande movimento de reforma, reavivamente, trabalho missionário, visitação, reforma pró-saude, entre outros. E tal movimento, de onde tenho noticia, ainda está em movimento retrógado.

Dos lideres, não espero muita coisa. E ficarei surpreso com atitudes de reformas. Contudo, conclamo, invoco, todo aquele que se diz cristão; para voltar-se para as Escrituras, praticar a verdadeira religião dita por Tiago (“Guardar-se da corrupção do mundo”); largai toda espécie de vaidade. Pois desejo olhar para os seus olhos e não para seus decotes. E ali ver um coração puro, santificado e devotado para o Senhor, alguém louco, aos olhos do mundo, e não uma Barbie; tão pouco, uma Paris Hilton.

Não desejo ver alguém que saiba o nome de todos os cd`s de um músico cristão, nem tão pouco, cantar a letra de cada música. Mas sim, afinado em dizer a ordem dos livros da Bíblia de Genesis a Apocalipse, que tenha as Escrituras esquadrinhada, bem compreendida e entendida. Pronto para calar qualquer demônio que vier lhe tentar com as palavras: “Assim diz a Palavra...”. Que busque os tesouros do Céu, e não um salário maior. Que viva para conduzir o maior número de pessoas à verdade, e não para satisfazer o ‘eu’. Que cante como expressão máxima para louvar e engrandecer o nome do Senhor porque Ele é Santo e Criador; e não para lhe dar prazer. Que tenha vigor mental e físico de modo a causar inveja nos atletas olímpicos e grandes intelectuais; e que seja uma incógnita e surpresa aos médicos. Tardio no falar. Amante da repreensão e edificação. Simples no agir e vestir. Resoluto e convicto nas palavras e testemunho. Disposto a morrer pelo ser humano mais desprezado da sociedade, sem hesitar. Totalmente intolerante com o pecado mas piedoso, amando o próximo. Indisposto a dar qualquer brecha ao diabo. Mas tão zeloso pela obra de Deus, pela santificação e aprofundar-se nas Escrituras, assim como alguém se afogando anela por oxigênio.

Reflita aquele que for sábio nessas palavras.

E por favor, pelo que deixai a vaidade. Quero ver você se respeitando, ao invés de olhar nos seus olhos e notar alguém sem respeito próprio, vazio. Esvaziados de toda vaidade, a qual não enche nada, caso contrário, os vaidosos já estariam satisfeitos há muito tempo.

10 outubro 2008

Nova Sessão Blog - Estudos

0 comentários
Hoje estou iniciando a sessão "Estudos" no blog, possível acessar pelos tópicos na linha superior, ou diretamente pelo link www.estudokako.blogspot.com . Tal será focado em diversos estudos, artigos, academico, religioso, apostilas, entre outros; que realmente seria um bom material, com um bom conteúdo, para estudá-lo e aprender aquilo que for proveitoso para o desenvolvimento da vida.
De inicio, haverá poucos, em 2 semanas, um pequeno punhado que já tenho pronto e catalogado será postado. Mas com 1 ou 2 meses já haverá bastante, planejo eu. Aproveitem!
E se você possui um ótimo estudo, e querer compartilhar, me avise, contate-me, e quem sabe, posso colocá-lo como um colaborador do blog.
Evandro

Pausa...

1 comentários

Sem querer, encontrei essa composição, em palavras num blog por aí...:






Na pausa não há música, mas a pausa ajuda a fazer a música.
Na melodia da nossa vida a música é interrompida aqui e ali por pausas.
E nós, sem refletirmos, pensamos que a melodia terminou.
Deus nos envia, às vezes, um tempo de parada forçada.
Pode ser uma provação, planos fracassados, ou esforços frustrados.
E faz uma pausa repentina no coral de nossa vida.
Nós lamentamos que a nossa voz tenha de calar-se, e tenha de faltar a nossa parte na música que sobe até aos ouvidos do criador.
Mas como é que o maestro lê a pausa?
Ele continua a marcar o compasso com a mesma precisão e toma a nota seguinte com firmeza, como se não tivesse havido interrupção alguma.
Deus segue um plano ao escrever a música de nossa vida.A nossa parte deve ser aprender a melodia e não desmaiar nas "pausas".
Elas não estão ali para serem passadas por alto ou serem omitidas, nem para atrapalhar a melodia ou alterar o tom.
Se olharmos para cima, Deus mesmo marcará o compasso para nós.Não nos esqueçamos, contudo, de que “ela ajuda a fazer a música”.
Com os olhos Nele, vamos ferir a próxima nota com toda a clareza sem murmurarmos tristemente: “Na pausa não há música”.
Compor a música da nossa vida é geralmente um processo lento e trabalhoso.
Com paciência, Deus trabalha para nos ensinar!E quanto tempo Ele espera até que aprendamos a lição !
Lembre-se, a pausa não dura muito.
Ela apenas serve para continuar a música!!!


07 outubro 2008

Novo Impulso no Ecumenismo

0 comentários
Veja a matéria divulgada no G1 [link]

Rabino será primeiro não-católico em sínodo no Vaticano

Um rabino de Israel, o rabino Shear-Yashuv Cohen, será o primeiro não-cristão a discursar em um sínodo da Igreja Católica.


O rabino foi convidado a falar sobre a interpretação judaica das Escrituras, das partes que são lidas por cristãos e judeus.
Cohen vem de uma família que, há 18 gerações, conta com rabinos e estudiosos da Bíblia e é o Grande Rabino de Haifa, em Israel.
Segundo o correspondente da BBC para assuntos religiosos Christopher Landau, Cohen afirmou que seu convite para o sínodo é "um sinal de esperança" no relacionamento entre as duas religiões.
Bispos do mundo todo estão reunidos em Roma para o sínodo, que reúne mais de 200 cardeais e bispos de todo o mundo e é realizado a cada três anos. O encontro de três semanas deste ano foi iniciado com uma missa celebrada pelo papa Bento 16 na Basílica de São Paulo Fora dos Muros, no domingo.

Velho Testamento
Cohen vai liderar as reflexões a respeito de como os judeus usam suas Escrituras, que os cristãos chamam de Velho Testamento.
O rabino reconheceu que alguns judeus encaram a possibilidade de diálogo com cristãos com desconfiança.
Mas, segundo Landau, Cohen afirmou que pretende promover o respeito e a coexistência, acrescentando que o judaísmo é o "irmão mais velho" do cristianismo.
O convite para a participação do rabino ocorre em um momento em que o Vaticano dá um novo impulso às suas relações com outras religiões.
Em novembro, o papa Bento 16 vai realizar uma reunião inédita em Roma com estudiosos islâmicos.

[ênfase acrescentada]


______

Nota: Que a Igreja Católica está lutando pela união das religiões: é fato! Aos poucos vem dando passos e mais passos rumo a este objetivo. Reuniões com diversas religiões. Como com o Islã na Turquia. Há pouco tempo atrás, algo inédito, o Papa pisa em solo norte-americano, nos Estados Unidos da América do Norte (EUA), nação a qual tinha por diadema o Protestantismo; movimento que nasceu em oposição aos dogmas católicos, inclusive, o sistema papal. Pessoas que por amor a verdade da Bíblia, fugiram da opressão papal, e fundaram a nação americana. Que de inicio, fora fundada em cima de principios biblicos, protestantes; inclusive sua teórica única Constituição.

Aos poucos os EUA fora deixando os principios biblicos, e o protestantismo, a reforma se estagnou; e assim, como a igreja primitiva começou a rolar no vale da vaidade, orgulho, ambição, negligencia da Palavra, e então se tornou a ICAR que conhecemos. E nesses passos está os EUA. Agora, o qual já abraça o papa e o convida para ir comer em casa. Enquanto, que gradualmente, os EUA caminha para uma forte crise social, a qual já é monstruosa - uma Babilônia! - e que vem degenerando ainda mais com a vaidade, cobiça, egoísmo, materialismo e consumismo. Desvirtudes que foram responsáveis por irresponsabilidades que gerou a atual crise financeira.

Bem, após o episódio: "Papa nos EUA", agora tem até judeu conversando de forma amigável. Os professos guardadores do sábado biblico, fazendo relações de amizades e ideológicas para com aqueles que "mudaram o sábado", lançaram a verdade por terra, trocando o sábado pelo domingo, e tentando impor no mundo uma guarda do domingo, o que vem acontecendo claramente.

Bem, tudo isso não é novidade alguma para mim, e certamente muitos outros cristãos. Garanto, novidade alguma! Há mais de 100 anos, Ellen G. White, inspirada por Deus, descreveu detalhadamente todos esses acontecimentos. Desde o triunfo da nação norte-americana, a degeneração, degradação, esquecimento das Escrituras e abandono do protestantismo e da reforma; a união que passaria a ter com a Igreja Católica. A união das religiões no mundo, sob o estandarte, ou liderança, da Igreja Católica, e que um desses grandes marcos de união, será, futuramente, a guarda do domingo. A ferida sofrida fortemente no período da Revolução Francesa e Napoleônica está se curando; e com muita sutileza, e com métodos de deixar muitos especialistas em Relações Públicas impressionado, aos poucos começa a agregar uniões, carisma, influência, na sociedade, nas religiões (outrora inimigas), na Política, e até mesmo na Economia (quem viu, viu. A Europa foi até o papa para tentar diminuir a desconfiança dos investidores, nesses últimos dias).
Contudo, quanto aos judeus em especial. De acordo com a profecia, os judeus na hora H, nos últimos eventos antes da volta de Jesus irão se tocar, cair na real. Principalmente, quando a união Estado-Igreja (papal) lançarem as bases do Decreto Dominical. Os judeus (em geral) tomarão uma atitude de oposição; e farão algo, que por milênios negligenciaram, perceberão seus próprios erros, tomarão atitudes protestantes e reformistas consigo mesmo. E serão fortes aliados e proclamadores, juntos aos guardadores do sábado - em especial, adventistas - no período chamado de Alto Clamor. A mensagem de Deus sendo ministrada e pregada com puder máximo, dado pelo Espírito Santo, no que chamamos de Chuva Serôdia - "Saia dela, povo meu!". E então virá o grande dia que aguardamos - a volta de Jesus.

Tudo fora profetizado, não há nenhuma novidade, a unica diferença é que o processo está ocorrendo claramente. A base para ecumenismo já fora montada. A pedra já foi lançada da montanha, agora é só deixar rolar. Quem sabe as "surpresas" (rs) que nos aguardam os próximos anos?




Ecumenismo: Rótolo dado ao movimento, à ação, da união das religiões em proporção universal, com a liderança do sistema papal.